quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Ficaria Muito Feliz

Eu ficaria muito feliz se, 
na próxima hora o tempo passasse logo, as 18h chegassem e eu fosse pra casa.

 Eu ficaria muito feliz se,
nas horas seguintes a chuvinha desse uma trégua pra eu poder dar aquela corrida no parque.

 Eu ficaria muito feliz se,
até o fim do dia eu conseguisse ler', jogar'', ouvir música''' e tomar chá, tudo que eu mais gosto de fazer quando estou em casa.

 Eu ficaria muito feliz se,
amanhã de manhã eu acordasse bem disposto pra enfrentar com vigor a tão esperada sexta-feira.

 Eu ficaria muito feliz se,
amanhã a noite eu fosse na casa do meu tio ver meu amigo que não vejo a muito tempo e veio nos visitar, e é claro, ficaria feliz também se tivéssemos muita cerveja, som e prosa.

 Eu ficaria muito feliz se, 
meu sábado fosse típico, saídas noturnas com os mesmos amigos, mesmos caminhos, bebidas, sons e destinos.

Eu ficaria muito feliz se,
eu dormisse o domingo quase inteiro, acordasse as 17h e fosse fazer as coisas que mais gosto de fazer quando estou em casa.

 Eu ficaria muito feliz se,
a semana que vem fosse tranquila e rápida, e o tempo desacelerasse apenas às 18h15 da sexta-feira para que o fim de semana, aquele típico que eu tanto gosto, se repetisse mais uma vez.

 Eu ficaria muito feliz se,
o mês que vem começasse com aquela notícia boa que eu tanto espero'''', aquela que vai trazer uma mudança radical na minha vida, me jogar lá longe, onde eu vou ter que aprender a viver de novo.

 Eu ficaria muito feliz se,
no ano que vem tudo estivesse totalmente diferente, que a vida que eu estivesse vivendo fosse de um jeito que eu nunca imaginei, de um jeito que nunca passou pela minha cabeça.

 Eu ficaria muito feliz se,
daqui a 10 anos eu tivesse vivido momentos inimagináveis, passados por lugares incríveis, conhecido pessoas maravilhosas e feito coisas improváveis.

 Eu ficaria muito feliz se,
um dia antes ou depois do fim da minha existência, não importa, o céu escurecesse e uma chuva serena caísse, lavando o mundo, tudo e todos que o habitam, resetando a existência para que dessa vez tudo viesse melhor, e o mundo fosse um lugar onde só a paz, o respeito e a harmonia existisse.


Um mundo onde o homem transcendesse.
Um mundo onde o homem conquistasse finalmente a paz.
Conquistasse finalmente o respeito pelo homem e por todos os seres vivos. E existisse harmonia entre o homem e todos os seres vivos.


' Lord Of The Rings, And The Felowship Of The Ring. (sim, estou lendo este livro de novo)
'' Tatcis Ogre, The Knight Of Lodis. (do console GBA)
''' Slipknot, Iowa. (recentemente baixei a discografia de novo e me lembrei de como adoro esse álbum)
'''' Dia 03 de fevereiro sai o resultado do vestibular.
* Postei depois das 18h, mas comecei a escrever bem antes, ou seja, consegui o que me deixaria muito feliz nas póximas horas. Isso é um ótimo sinal.

4 comentários:

Nathalia Mota disse...

Parabéns pelo blog. Gostei muito dos textos!

Aproveito para agradecer seus comentários no blog do VIDA...sempre ótimos.

Lobo disse...

Até hoje, não tive paciência pra zerar tatics ogre XD.

Mas é bom, isso de ter tempo pra fazer o que gosta, não importa o tempo que leve.Tem gente que se sente bem não tendo, e estando pressionado o tempo todo. Definitivamente, não sou um desses XD

Um beijo!

Mari Amorim disse...

E eu ficaria muito feliz se a sua existência terminasse depois da minha... Prefiro ir antes. Assim, me certifico de que o local está apropriado para as pessoas que amo! ;)

William Garibaldi disse...

Olha eu ainda nem li tudo ...
mas teu coração é tão forte!
Luz!
Que beleza de postagem!
Isso é Poesia!
Talvez a sua Poesia... ou o ingrediente do qual ela é feita...
sei lá!... fumei cogumelos de Antares...
e to aqui comentando você...
uma mistura explosiva com certeza!
Agora eu li tudo!
(Posta o comentário e vai dormir!)