sábado, 15 de janeiro de 2011

Leitura 2

"...E se os deuses da terra lançam a vingança contra os inocentes e os pecadores, sem distinção, então essa destruição não pode ser castigo dos pecadores, mas algo da própria natureza. Não sei se há uma finalidade nessa destruição, ou se a terra ainda não se consolidou em sua forma final, assim como nós, homens e mulheres, ainda não somos perfeitos. Talvez a terra ainda lute para evoluir a sua alma e aperfeiçoar-se." (Página 70)

As Brumas de Avalon, A Senhora da Magia.
Este é um dos que ruminei, M. Z. Bradley sempre foi minha autora favorita. E lendo o ultimo post da Mary, lembrei-me na hora de um trecho do livro onde Igraine encontra Uther em sonho.

3 comentários:

Mari Amorim disse...

Olhando o céu agora, com a lua maior do que as minhas lembranças, penso se por acaso isso não é um presságio de que tempos bons virão... Não sei. Mas vamos torcer para isso! Um beijo homenzinho e até mais!

)O(Lua Nua)O( disse...

Vc já leu A Gênese de Allan Kardec?

http://www.febnet.org.br/ba/file/Obras%20B%C3%A1sicas/ge.pdf

É um livro bem difícil. Conheço espíritas antigos e velhos que não conseguiram pela complexidade da obra, mas se vc conseguir vai ver que o planeta é um ser em constante mutação e que ele desconhece a vida que o habita. Ou seja, ele tem lá suas TPMs que são normais. Anormais somos nós, nos equilibrando em cima dele.

Bjs

William Garibaldi disse...

Vamos otimizar a visão sobre as Brumas... rssss, meu amigo?

Salve as Sacerdotizas da Luz e o Retorno da Magia!

Que cada um siga o seu caminho com seus mistérios... acredite... tudo tem um motivo... e tudo, absolutamente tudo que nos acontece, foi semeado por nós...

Não me entenda mal... na primeira frase deste comentário.. nem na última.

Salve, homem velho no corpo de um homem jovem!!! Sinto em você uma sabedoria profunda que um dia despertará por completo.. basta você perder o medo de si mesmo...

Abração!