quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

O Aspirante a Almoço e a Série

Por esses dias, tenho tido meu horário de almoço drasticamente reduzido. Tenho exatos 20 minutos para comer antes de atravessar a cidade para fazer aulas de direção. Sei que soa dramático, essa é a intenção. Se tem uma coisa que não gosto que metam o bedelho, esse coisa é, definitivamente, meu horário de almoço. A cruel redução do tempo que tenho para comer (1h45 minutos para 0h20 minutos) me deixa puto. Mas como não tem nada que eu possa fazer a respeito, encontrei uma ótima forma de cronometrar esse meu tempo cravado. Assisto enquanto como um episódio de uma das séries que mais gosto; The Big Bang Theory. Cada episódio também tem 20 minutos, sendo assim, quando ele termina, sei que meu tempo acabou, que já está na hora de ir. Quem está familiarizado com a série, sabe que ela é o máximo, e quem não está, recomendo que assista.

A série está na temporada nova, isto é, episódio novo só rola uma vez por semana. Eu como já vi todos e gosto muito, assisto episódios repetidos (sim, tenho esse hábito, vou falar sobre ele depois), principalmente nesse aspirante a horário de almoço que ando tendo. O episódio que vi hoje, o 03º da 03ª temporada, tem uma cena hilária, a qual eu não resisti e resolvi compartilhar:

Sheldon acorda intrigado com a origem do som alto, definitivamente proibído em seu apartamento, e se depara com Penny, fazendo torradas e cantando, na cozinha.


Penny: Bom dia Sheldon! Venha dançar comigo!
Sheldon: Não.
Penny: Por que não?
Sheldon: Penny...mesmo sendo adepto da teoria dos vários universos, em que há infinitos Sheldons em infinitos universos, te asseguro que em nenhum deles eu estou dançando.


Penny: Você é engraçado em algum deles?

Sheldon: A matemática sugere que em alguns sou um palhaço feito de doces. Mas não danço.

Espero ter arrancado ao menos um sorrisinho torto de alguém, mas não se preocupem, a série em sí é muito mais engraçada. Até o próximo post e, como prometido, vou falar da minha mania de repetição e aproveitando este, quem sabe futuramente eu fale sobre dançar e o motivo pelo qual eu, na maioria das vezes, não danço.

5 comentários:

Dan disse...

eu danço. pero no mucho!
:)

Lua Nua disse...

Você viu que corrigi e aumentei o post? Agora com o texto da Marta Medeiros acho que expliquei qual era o meu silêncio: aquele q deveria ter falado, se calou e calou como indiferença.

Xu que tô passando um momento ímpar de questionamentos de vida, questionando a relação, vendo pontos que estavam obscuros ou eu que não reparei por estar no corre-corre da vida... que já não corre tanto agora.

Ah! Mas Lua é Lua e semana que vem ela vira.

Beijos

Ah! Em tempo: Eu danço! Dancei... :-S

William Garibaldi disse...

Oi! Vim te conhecer 'tio" risos...
Como disse lá no Lua Nua, eu gostei muito da imagem de fundo este depósito é uma pérola de foto!
E o conteúdo do teu Blog é muito inteligente!
Você me parece ser alguém de idéias fortes, gosto disso!
Vem me conhecer também lá no VF?!!!... Quem sabe vc não bota uns pisca piscas de Natal aqui???!!! PArticipa da nossa Ação de enfeite e solidariedade!
Abraço!
Volto sempre agora..
e como segue???
Vc nao mostra as pessoas que te acompanham?...

inconstanteblog disse...

Adoro Big Bang Theory!

Sheldon é fantástico... Jamais conseguiria conviver com ele, mas vê-lo é muito bom! Não consigo acompanhar séries ao tempo que passam... Estou sempre atrasado, baixando episódios e vendo quando tenho tempo... Mas é uma série que tbm recomendo muito.

Xêrooo!

Anônimo disse...

Il semble que vous soyez un expert dans ce domaine, vos remarques sont tres interessantes, merci.

- Daniel